TRF-4 continua mostrando parcialidade da justiça brasileira
A 8ª Turma do TRF-4 anulou uma sentença da juíza Gabriela Hardt por conter argumentos de outra pessoa como se fossem da magistrada. Mas por que, agora, no caso do ex-presidente Lula, o desembargador João Pedro Gebran Neto aprovou e elogiou a sentença copia e cola de Gabriela Hardt? O comentarista político João Cayres responde essa questão.
COMENTÁRIOS
APOIO CULTURAL