Governo autoriza mais 57 agrotóxicos- Polícia prende envolvidos no caso Marielle
- Operação da Polícia Civil e do Ministério Público do Rio de Janeiro prende mulher e cunhado do ex-PM Ronnie Lessa, acusado de matar Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes. Investigadores acreditam que Elaine de Figueiredo Lessa, mulher do principal suspeito da morte de Marielle, planejou o sumiço das armas usadas no crime. - Governo de Jair Bolsonaro autoriza o registro de mais 57 agrotóxicos. Com isso, o total de venenos liberados só neste ano chega a 382, mantendo o nível de registros como o mais alto da série histórica, iniciada em 2005. - Devido as liberações desenfreadas promovidas pelo governo Bolsonaro vários países têm boicotado produtos brasileiros. Caso de uma rede de supermercados na Suécia e da Rússia, que chegou a impor ao Ministério da Agricultura que a condição para continuar a comprar soja brasileira é que o país reduza o uso de agrotóxicos.
COMENTÁRIOS
APOIO CULTURAL