Brasil não cansa de passar vergonha
O Brasil não para de passar vergonha no mundo. Primeiro, foi o lamentável discurso de Jair Bolsonaro na ONU. Agora, são os ataques descabidos a Greta Thunberg, que se destaca como a grande liderança jovem na luta pela preservação do meio ambiente. A análise é do comentarista
COMENTÁRIOS
APOIO CULTURAL