Bolsonaro corta orçamento 2020 da Saúde e população pode ficar sem vacina
O ex-ministro Alexandre Padilha (PT) denunciou que o orçamento proposto pelo governo de Jair Bolsonaro para a saúde em 2020, retira cerca de 1 bilhão de vacinas do SUS (Sistema Único de Saúde). O Programa Nacional de Imunização foi formulado em 1973 para ordenar as ações de imunizações. Atualmente, o programa oferece 27 vacinas em mais de 35 mil postos espalhados pelo país.
COMENTÁRIOS
APOIO CULTURAL