Em depoimento, ex-chanceler paraguaio afirma que houve negociação paralela em acordo de Itaipu
14/08/2019 09:37 em Política

Um dos pivôs da crise sobre o acordo firmado com o Brasil para a compra da energia produzida na usina de Itaipu, o ex-ministro das Relações Exteriores do Paraguai Luis Alberto Castiglioni disse nesta terça-feira (13) , que houve uma negociação paralela sobre os termos da polêmica ata que pode provocar o impeachment do presidente Mario Abdo Benítez

Castiglioni foi ouvido pelos promotores reponsáveis por investigar o acordo durante cinco horas. 

Antes de renunciar ao cargo no Ministério de Relações Exteriores para tentar diminuir a pressão política sobre Abdo Benítez, o ex-chanceler era o líder da equipe paraguaia nas negociações com o Brasil, mas agora sugere que havia conversas paralelas sobre o pacto

Fonte: Site Brasil 247

COMENTÁRIOS
APOIO CULTURAL